Pular para o conteúdo principal

Vereadores indicam parcerias com instituições de ensino superior


Os vereadores Alexandre Vieira e Vinícius Ikeda indicaram ao prefeito o estabelecimento de parcerias entre o poder público e os projetos de ensino, pesquisa e extensão das instituições de ensino superior que contemplam os cursos do campo de públicas do município de Balneário Camboriú.

A presente indicação se justifica pelo fato de que os projetos de pesquisa, ensino e extensão dos cursos do campo de públicas no município têm muito a oferecer no que tange ao desenvolvimento sustentável local, à elaboração de políticas públicas e projetos sociais nas mais diversas áreas.

De acordo com o vereador Alexandre Vieira “a partir da junção entre o poder público e os projetos das universidades, haverá uma maior capacidade de análise e elaboração de políticas públicas eficientes que causem impactos cada vez mais positivos para a sociedade e aprimorem a governança pública local, tendo em vista que esse é um dos principais objetivos dos cursos do campo de públicas”.

A indicação dos vereadores também tem o intuito de aproximar a comunidade das universidades, uma vez que estas ainda são pouco aproveitadas pelos gestores públicos no sentido de articulação para a elaboração de projetos que beneficiem o município.

(Esta postagem faz parte da atividade intitulada "Vereador por um dia" no qual acadêmicos simulam o processo de proposição, discussão e votação de propostas legislativas. Para mais informações clique aqui).

Comentários

  1. Ótima iniciativa de parcerias, cada vez mais desenvolvidos.

    ResponderExcluir
  2. Ótima indicação! Isso pode ajudar muito a criação de politicas públicas eficientes!

    ResponderExcluir
  3. Ótima indicação! Isso pode ajudar muito a criação de politicas públicas eficientes!

    ResponderExcluir
  4. Quem conhece a realidade das Universidade sabe o papel importante que os programas de ensino, pesquisa e extensão têm na formação dos alunos e na resposta dada a comunidade. Dessa forma, é de competência e interesse do governo municipal dar apoio e acompanhar essas atividades que colaboram para um crescimento e desenvolvimento local. Potencializa isso a colocação dos cursos na área pública, dando mais base às parcerias e diálogo. Mais uma ótima indicação, vereadores!

    ResponderExcluir
  5. Muito bom! Vemos um grande esforço da universidade em ajudar a sociedade.

    ResponderExcluir
  6. A iniciativa de unir o campo acadêmico e a gestão municipal é um baita exemplo de iniciativa que deveria ser mais valorizada por outras universidades brasileiras que oferecem cursos do campo de públicas, dado que o conhecimento produzido e adquirido pelos estudantes precisa dessa validação prática para que possa realmente transformar a vida das pessoas.
    Espero que a gestão municipal de Balneário Camboriú perceba a importância do que está sendo proposto pelos vereadores em questão, visto que uma proposta bem construída de parceria, provavelmente, se tornará exemplo para tantas outras cidades que precisam aproximar a universidade da população, já que um futuro gestor público precisa aprender a gerir baseado nas necessidades do povo a que representa.

    ResponderExcluir
  7. Ótima indicação! Isso pode ajudar muito a criação de politicas públicas eficientes!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Vereadora Karoen Mello apresenta projeto que inclui a parada da diversidade sexual no calendário de eventos oficial do município

Foto: Rafaela Martins / Agencia RBS 
A Vereadora apresentou projeto que inclui a parada da diversidade sexual no calendário do município de Balneário Camboriú (SC), defendendo, na oportunidade, que a organização do evento seja realizado pelas associações e entidades que militam em favor dos direitos da comunidade LGBTT (Lésbicas, Gays, Bixessuais, Transexuais e Transgêneros), cabendo ao Município apoiar e promover ações a fim de garantir a logística, trânsito e a segurança dos participantes.
Destaca, ainda, que a parada da diversidade sexual acontece no município de Balneário Camboriú (SC) desde o ano de 2012 e que reúne milhares de pessoas. 
“A inclusão da parada da diversidade sexual no calendário de eventos oficiais do nosso Município pretende colocar fim às polêmicas ocorridas nos últimos anos, notadamente em relação a judicialização para garantir o direito da realização do evento, bem como promover o debate, na nossa comunidade, acerca dos direitos da comunidade LGBTT” disse a Ve…

Vereador Mauro Riquelme indica que se exija ensino superior para os Comissionados

Projeto preza pela transparência quanto a escolaridade e atribuição aos comissionados. Tem como premissa regulamentar junto ao portal da transparência, gestão de pessoas a informação com escolaridade do comissionado, assim como requisitos mínimos de competência para o cargo exercido.

O projeto exige que seja incluso no portal da transparência do município a escolaridade e área de formação do comissionado, assim como inclusão de competências e atribuições (assim como servidores efetivos) do cargo que este estiver lotado.

Portanto, o comissionado terá requisitos objetivos para ser nomeado, extinguindo ou ao menos filtrando a competência técnica coerente com o cargo exercido.

Texto informado pela assessoria.
(Esta postagem faz parte da atividade intitulada "Vereador por um dia" no qual acadêmicos simulam o processo de proposição, discussão e votação de propostas legislativas. Para mais informações clique aqui).

Vereador Marcos Borges propõe debate sobre a leitura da bíblia nas reuniões da câmara de vereadores de Balneário Camboriú

O regimento interno da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú prevê que nas reuniões ordinárias, após a conferência dos vereadores presentes, seja lido um trecho da Bíblia. Você concorda com essa prática?
O Brasil, segundo dados do IBGE de 2013, é o maior país católico do mundo, com aproximadamente 127 milhões de fiéis, o que representa 65% de toda população e 12% dos católicos de todo o mundo. A Constituição Federal de 1988, garante aos cidadãos vários direitos e garantias fundamentais, no seu artigo 5º, diz que todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias.
Porém, a constituição também trata da organização do Estado, da política e da administração, o artigo 19 diz que é vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios estabelecer cultos religiosos ou igre…